Personal trainer para terceira idade

 

Patricia Rezende

 

O envelhecimento da população mundial é crescente e, segundo os peritos, irreversível. Atualmente, dez por cento da população mundial tem mais de 60 anos; em 2050, os idosos serão 20 por cento; segundo as projeções, em 2150 serão um terço da humanidade. Portanto, a meta é envelhecer com qualidade de vida, ou seja, cuidando dos aspectos físicos e mentais do ser humano. É essencial fazer atividades físicas, ter uma dieta saudável, dormir bem e se sociabilizar.

Entre os 60 e 90 anos de idade, o processo de envelhecimento traz a diminuição da força muscular dramaticamente. A partir dos 60 anos, as pessoas começam a reclamar de dificuldades em abaixar-se, elevar-se, subir escadas, transportar algo pesado, etc. Isto é o início da impossibilidade de um futuro autônomo. Pesquisas mostram que a atividade física com exercícios de resistência e direcionados a desenvolvimento de força muscular, retardam o processo. Uma pessoa de 80 anos, treinada, pode ter a mesma força muscular que uma pessoa de 30 anos sedentária, fato esse que é suficiente para uma vida autônoma.

Exercícios aeróbicos (como caminhar, nadar e dançar) são essenciais para a boa manutenção do sistema cardiorrespiratório, porém, exercícios contra uma resistência são fundamentais na preservação da força muscular. Por isso, nestes últimos anos as pessoas de terceira idade começaram a se interessar mais à prática de atividades físicas personalizadas, evitando assim excesso de força nas articulações e ossos, causadores de dores crônicas. Concluindo, cuidados devem ser seguidos para preservar as articulações de esforços excessivos.

O que adianta a pessoa melhorar a força muscular e desenvolver artrose articular? É importante a escolha de um bom personal trainer, com experiência na área e que tenha conhecimento sobre envelhecimento. O personal deve ter muito cuidado ao escolher os exercícios que usará com o cliente, os ângulos do movimento, mecânica adaptada para a idade, número de séries, repetições, o peso ou tensão aplicada no movimento, além de ter uma intuição aguçada em relação ao quanto pode puxar o cliente ou não.

 

Patricia Rezende é educadora física especializada em terceira idade

Todos os direitos reservados © 2019 - Criado por La Monica Design